Relato de viagem 2011: Simplesmente inesquecível

Que lugar especial e mágico é Orlando. Difícil descrever em palavras. Acho que o slogan da Disney é perfeito: “Let the memories begin” (isso é, “Deixe que as lembranças comecem”). Uma viagem para lá mexe demais com a gente (mexe muito comigo pelo menos…). É a sensação que dificilmente a vida vai ficar melhor do que isso. Que alegria!

Ficamos 15 dias maravilhosos dias em Orlando. Começamos sem parques, mas sim encarando uma pesadíssima black friday no Walmart e todo um dia de compras pela frente. Depois só parques:

Sábado (26/11) – Typhoon Lagoon
Domingo – Universal Studios
Segunda – Hollywood Studios
Terça – Busch Gardens
Quarta – Magic Kingdom
Quinta – Islands of Adventure
Sexta – Animal Kingdom
Sábado – Sea World
Domingo – Blizzard Beach
Segunda – Epcot
Terça –  Hollywood Studios
Quarta – Universal + Islands of adventure

Como já escrevi, as semanas foram a última de novembro e a primeira de dezembro. Sobre a lotação, a conclusão é que são realmente semanas tranquilas – os parques não ficam lotados e deu pra aproveitar bem, embora tenhamos achado a primeira semana de dezembro um pouco mais cheia. O dia do Epcot foi o mais chatinho. Filas demoradas e muita gente pela frente. O Sea World (provavelmente por ter sido no final de semana) também estava cheinho, mas as atrações não estavam tão demoradas, mas como lá o que mais tem é show, os espaços comportam todos os interessados… De resto, tudo bem tranquilo. É uma boa época. Uma recomendação que eu faria para os futuros viajantes é que evitem deixar parques tradicionamente mais concorridos (Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios, Islands of Adventure) para o final de semana. 

IMG_1440
Universal tranquila em lindo dia
IMG_2550
Epcot mais cheinho em dia quente

Com relação ao clima, tivemos um dia com chuvinha moderada e um dia de muito frio (ironicamente o dia do Magic Kingdom, que ficamos no parque até a meia noite na festa de Natal). De resto, o clima foi bem razoável: em geral dias abertos com temperatura agradável, mas quando caía o sol dava uma esfriadinha – nada que um moletom não resolva. Por estar entrando o inverno no hemisfério norte, o sol se põe cedo, 17h30 já tá escuro. O dia do Blizzard Beach foi um dos mais nublados o que não é legal para um aquático, mas o parque funciona normalmente e acho que o fato de estar nublado fez muita gente desistir, então mesmo sendo domingo, estava bem vazio.    

Sobre hospedagem, finalmente posso dar uma opinião mais assertiva quanto a isso. No artigo “Opiniões sobre hoteis em Orlando”  eu fiz uma a avaliação sobre os hotéis que fiquei das outras vezes que fui para Orlando (Ramada Lakefront e Extended Stay Universal Boulevard, ambos na região da International Drive. Recomendo que leiam o artigo completo, mas em resumo achei os dois hotéis muito fracos e a região também me incomodou bastante. O curioso é leio muito sobre Orlando e nunca li algo que desabonasse a região da International Drive, mas esse ano eu pude comprovar que o meu feeling estava certo. Esse ano fiquei no Fairfield Inn Lake Buena (super perto da entrada da Disney) e a experiência foi outra! O hotel era ótimo – uma sensação de que o padrão subiu uns  mil por cento com relação aos anteriores (além do que o hotel estava recém reformado, com cheirinho de novo). No entanto, mais que o hotel, a minha conclusão principal e recomendação é a região do Lake Buena Vista – tudo lá é melhor que na International Drive – as lojas, restaurantes, tudo é mais limpinho e bem frequentado que na International. A sensação que eu tenho é que a International está em decadência – tínhamos medo de entrar no Walgreens de lá, até que presenciamos um assalto ao caixa na nossa frente… Lá no Lake Buena Vista não tinha nada disso, dava pra ver que a maioria de quem circulava era turista e família, nada ameaçador ou perigoso. Valeu muito  ficar nessa região e eu recomendo.  

IMG_1252
Novíssimo Fairfiel Inn Lake Buena Vista
IMG_1210
Quartos grandes, limpos e acolhedores

Vale dizer que além de maravilhosos 15 dias em Orlando, começamos a viagem por Miami onde passamos uma noite só esperando para embarcar no Allure of the Seas, da Royal Caribbean, que o maior navio do mundo que sai de Ft Lauderdale. Fizemos um cruzeiro de 7 dias, parando em Bahamas, Ilhas Virgens, e St. Marteen, mas o melhor mesmo é o navio, muita mordomia, entretenimento, comida e tudo mais que se tem direito! Uma maravilha!!!!  Saindo do navio e antes de ir para Orlando, fomos até Key West e ficamos 2 dias lá – outra viagem recomendadíssima! A viagem em si já é incrível, passando pelas outras Keys ligadas por pontes sobre o mar, e Key West  é uma gracinha, com seu jeito de EUA colônia.  Enfim, tem muita coisa pra se fazer na Florida e logo farei alguns artigos bem detalhados sobre essas experiências.  

IMG_0073
Um pedacinho do Allure of the Seas
IMG_1040
Por do sol na Mallory Square em Key West

Agora, com tempo, vou entrar nos artigos sobre os parques, atrações, dicas e tudo mais. Tem muito para contar, então muita calma nessa hora…

Aguardem que vem muita coisa por aí…

Até a próxima