DISNEY SPRINGS

Uma viagem a Orlando não está completa sem uma passada no Disney Springs, o shopping a céu aberto da Disney, recheado de atrações, restaurantes, lojas e muitas atividades para entreter a todos os tipos de visitantes.  Seja para experimentar a culinária de alguns de seus muitos restaurantes, para comprar aquele item especial da Disney que só tem por lá, ou para curtir uma noite agradável em um bar com música ao vivo, vale a pena conhecer o Disney Springs.

História

O Disney Springs tem uma história bem interessante, cheia de mudanças. Tudo começou em 22 de março de 1975 quando foi aberto o Lake Buena Vista Shopping Village com a intenção de ser um “shopping mall” americano tradicional em uma área que é somente uma fração do que se tornou hoje o Disney Springs. Pouco tempo depois,  em 1977, aconteceu a primeira de muitas mudanças de nome que a área teria, passando a se chamar Walt Disney World Village.

Em 1986, já com a Disney sob a supervisão de Michael Eisner, foi iniciada a construção da Pleasure Island, uma área de clubes noturnos, já tendo em mente o plano da Disney em manter os visitantes de seus parques e hotéis o maior tempo possível dentro do complexo Walt Disney World. A abertura da Pleasure Island aconteceu em 1989, mesmo ano em que o complexo foi novamente rebatizado, passando agora a se chamar de Disney Village Marketplace.

Durante os anos noventa, com o crescimento constante do Walt Disney World veio a ideia de expandir novamente tanto o Disney Village Marketplace quanto a Pleasure Island, que acabaram sendo fundidas no distrito chamado Downtown Disney, ganhando mais uma expansão no processo quando adicionaram o teatro para o show La Nouba, o Disney Quest e muito mais. Em 2004 o acesso aos clubes noturnos virou gratuito para o público geral, o que foi dada como a causa para degradação da Pleasure Island, que acabou sendo fechada em 2008, com a área dos clubes sendo reaproveitada para outras lojas e restaurantes do Downtown Disney.

Recentemente, em 2015, toda a área ganhou mais uma gigantesca expansão, além de uma renovação geral na ambientação das ruas e a adição de muitas novas lojas e restaurantes, e mais uma vez foi rebatizada para o nome atual: Disney Springs. Essa renovação criou 4 distritos distintas, cada uma com sua própria temática:

  • The Marketplace
  • The Landing (anteriormente a Pleasure Island)
  • Town Center
  • West Side

Não existe uma divisão clara entre essas áreas como existem por exemplo entre as áreas temáticas do Magic Kingdom, mas aos olhos atentos é possível notar as diferenças entre elas que foram planejadas pelos imagineers da Disney.

Será que já vimos todas as mudanças de nome que essa área incrível tem a nos oferecer? Eu imagino que não, pois o ímpeto da Disney em sempre crescer, melhorar e continuar evoluindo é insaciável.

É importante saber que…

  • A entrada no Disney Springs é gratuita para todos, não é obrigatório ter ingressos dos parques ou estar hospedado em um hotel Disney. Você obviamente só pagará pelas suas compras e comidas consumidas nos restaurantes e lojas.
  • Em toda a área existe entretenimento aleatório acontecendo nas ruas, principalmente em épocas festivas, como Halloween e nata por exemplo. Então fique atendo durante a sua visita, pois entretenimento de graça nem sempre é fácil de encontrar em Orlando.
  • A noite o Disney Springs ganha ainda mais vida com seus bares e restaurantes, muitos deles oferecendo música ao vivo, o que torna esse lugar uma ótima opção de complemento de programação noturna para quem não está cansado demais de um dia de parque.
  • Para os hóspedes dos hotéis da Disney existem transportes gratuitos de ida e volta para o Disney Springs. Dependendo do hotel que está hospedado, esses transportes podem ser ônibus ou barcos.
  • O estacionamento para os visitantes é gratuito, e existem dois grandes prédios de garagem (e um terceiro sendo construído) para garantir vagas para todos os visitantes.
  • Existem dois Guest Relation no Disney Springs, que podem ser usados para trocar seus vouchers de ingressos de parques Disney pelo ingresso físico, economizando assim tempo no seu primeiro dia de visita aos parques.

Por dentro do Disney Springs

São muitas as lojas, restaurantes e oportunidades de entretenimento disponíveis no Disney Springs. Veja no mapa abaixo (para consultar a lista oficial no site da Disney, acesse esse link):

disney-springs-mapa

E agora vamos explorar as áreas do Disney Springs – todas as atrações e as opções de refeição e lojas:


Restaurantes

rainforest-cafe-animal-kingdom-gallery03

Rainforrest Cafe

Hoje existem mais de 50 opções de restaurantes e bares no Disney Springs. Abaixo uma lista de todas essas opções (acesse os links para ver os cardápios):

 


Lojas

world-of-disney

World of Disney

Hoje existem mais de 100 opções de lojas das mais variadas no Disney Springs. Abaixo uma lista de todas essas opções:


Entretenimento e Atividades

la-nouba

Cirque du Soleil – La Nouba

Hoje existem muitas opções de entretenimento no Disney Springs além de outras atividades divertidas. Abaixo uma lista de todas essas opções:


Dicas

  • Mapa – Aqui não é tão importante assim pegar o mapa como é nos parques, pois a visita ao Disney Springs é mais tranquila e sossegada, sem aquela correria tradicional de parques temáticos, mas ainda assim é interessante pegar para saber se localizar e ir direto ao lugar de interesse.
  • Reservas – É possível reservar alguns dos restaurantes do Disney Springs, seja pelo sistema My Disney Experience (site ou app), ou estando em Orlando, pelo telefone 407-WDW-DINE (939-3463). Também podem ser feitas diretamente no restaurante.
  • Ingressos – É importante adquirir os ingresso para o show La Nouba com antecedência, para não correr o risco de esgotar os mesmos para o dia desejado da visita.

Informações oficiais

É fundamental para quem está planejando a viagem consultar o site oficial da Walt Disney World para obter informações oficiais e atualizadas.


[atualizado em 09/03/2017]


ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO DISNEY SPRINGS