Orlandus Fanaticus (Fanáticos por Orlando)

Orlandus Fanaticus é o nome cientifico de uma condição que atinge milhões de pessoas em todo mundo. Também conhecida popularmente como Fanáticos por Orlando, os portadores dessa condição apresentam sintomas bem característicos como a “febre da Disney”, o “arrepio pela Universal”, a “loucura pelos Premium Outlets”, entre outros.    

Estudos recentes apontam que a condição de Orlandus Fanaticus é altamente contagiosa e não tem cura, mas que, felizmente, não causa nenhum mal aos seus portadores (com exceção talvez do bolso, que sofre um pouco com os efeitos colaterais).

Sintomas
Você se pega pensando e lembrando de Orlando pelo menos 5 vezes por dia?  
– Quando pensa nas próximas férias, sempre compara mentalmente Orlando a outros destinos e opta por Orlando porque tem certeza que lá é mais legal mesmo?
– Sempre que ouve alguém falar em férias, imediatamente interrompe tudo o que está fazendo para apresentar as razões pela qual Orlando é o destino certo da viagem?   

Diagnostico

Se você respondeu sim a alguma dessas questões, você é portador do Orlandus Fanaticus.
Esse diagnostico aponta que você é uma pessoa que sabe das coisas e gosta de se divertir como ninguém.     

Indicações

Pegue um avião e vá para Orlando sempre que puder.    

______________________________________________ 

Depoimento pessoal: Como eu adquiri a condição de Orlandus Fanaticus

Vou compartilhar rapidamente como eu me tornei uma Orlandus Fanaticus 

Infelizmente não tive a oportunidade de ir para Orlando quando criança ou adolescente como muitos colegas – cresci ouvindo as historias de como era divertido e tudo mais, mas ficando adulta, meio que passou a vontade. Aí só em 2009, já com 28 anos, surgiu a oportunidade de planejar uma tão sonhada viagem para os EUA. Eu, uma cinéfila e fanática pela cultura pop americana sonhava com Los Angeles, Las Vegas e Nova York – esses eram os meus objetivos! Só que meu marido, que já tinha ido pra Orlando quando ele era adolescente, ficou insistindo que devíamos aproveitar e passar pelo menos uma semana lá. 

Fechamos assim a viagem: inicio em Orlando (sem grandes expectativas da minha parte), e depois as esperadas Los Angeles, Las Vegas e Nova York. Bom, acho que o final dessa história é bem óbvio: Orlando foi disparado a melhor parte da viagem! Amei tudo: os parques, as atrações, os brinquedos, as compras, o climão, e tudo mais! É realmente apaixonante! Daí não teve jeito, a Orlandus Fanaticus me pegou de jeito e eu nunca mais fui a mesma!  
Em 2009: chegando para o primeiro dia, primeira entrada, primeiro parque!

Quando voltamos, só pensávamos em voltar para Orlando, principalmente porque percebemos que tínhamos ficado pouco tempo lá – só tínhamos ido em 4 parques: Magic Kingdom, Hollywood Studios, Universal e Islands of Adventure…  (aliás, em breve vou fazer um post sobre tempo ideal para conhecer Orlando).  Bom, o resultado é que em menos de 1 mês que tínhamos retornado ao Brasil, já estávamos com o nosso retorno para a terra do Mickey marcado, e dessa vez seria exclusivamente para Orlando, ficando muito mais dias e indo em tudo que fosse possível. Essa segunda viagem aconteceu no final de 2010 e foi maravilhosa! Mesmo tendo sido a segunda vez, a sensação mágica que sentimos naquele lugar inexplicavelmente tinha crescido.

Em 2010: a silhueta de Hogwarts emociona no Islands of Adventure

Por tudo isso que hoje, eu já assumi a minha condição de Orlandus Fanaticus e tenho feito o possível para contagiar mais e mais pessoas!  

E você, também é um Orlandus Fanaticus? Deixe um comentário contando a sua história.